Buscar

Engasgamento no britador primário: como evitar esse problema?



Muitos problemas que causam o aumento no custo do processo de fragmentação de minérios ocorrem na britagem, a etapa responsável pela primeira quebra mecânica da rocha, logo após a operação de perfuração e desmonte (Drill & blast) onde os blocos serão reduzidos a um tamanho ideal ou até encaminhados para peneiramento e posterior requebra em britadores secundários ou moinhos, dependendo se o objetivo é liberar algum mineral ou apenas produzir agregados para a construção civil.

Como evitar o “engasgamento” no britador primário?


O engasgamento no britador primário ocorre quando um bloco de tamanho fora da especificação força o motor ao uso de mais torque, ou simplesmente paralisa a operação de britagem. Obviamente que os custos de energia para movimentar a mandíbula ou cone aumentam muito nessa situação, assim como o custo de parada e desbloqueio do sistema. Mas este problema é completamente evitável, dependendo tanto da etapa de perfuração e desmonte como também do carregamento e transporte.


Só porque o equipamento de carregamento (shovel, escavadeira, pá carregadeira) tem capacidade de movimentar grandes blocos, não significa que estes poderão ser enviados à britagem! Então, muito cuidado. As cargas nos caminhões devem ter fragmentos de tamanho adequado ao britador, centralizadas na caçamba de modo a não forçar pneus e suspensão e, principalmente, de modo a gerar fragmentos de tamanho correto para alimentar o britador primário.


Através de um desmonte de rochas com explosivos de alta qualidade e cuidados no carregamento e transporte é possível, sim, obter a máxima eficiência, a máxima produtividade. Nós sabemos como!

Somos uma empresa especializada em desmonte de rochas com uso de explosivos, com foco em análise de desempenho e otimização! Entre em contato e saiba mais sobre os nossos serviços.


Nossos contatos:

55 51 33339108

Formulário de contato

contato@nitro-rs.com.br